O que é e como calcular o meu patrimônio líquido?

0

No mundo dos negócios, é provável que você escute o termo patrimônio líquido com certa frequência. Mas mesmo fazendo parte da contabilidade e sendo de vital importância para a saúde financeira das empresas, ainda restam muitas dúvidas acerca do que é o patrimônio líquido e como você deve calculá-lo.

Se você tem essas dúvidas, não se preocupe: estamos aqui para te ajudar. Acompanhe esse post e saiba mais sobre o patrimônio líquido do seu negócio!

O que é o patrimônio líquido?

Conteúdo

O patrimônio líquido, conhecido como PL, se caracteriza pela subtração dos ativos e dos passivos. Ou seja, são todos os bens (riquezas) que pertencem aos sócios de uma empresa. No entanto, para entender melhor a definição de patrimônio líquido é preciso compreender, antes de mais nada, a definição dos ativos e passivos de uma empresa. 

O que é o patrimônio líquido?
Patrimonio liquido. Fonte/Reprodução: original.

Os ativos são tudo aquilo que pode ser convertido em dinheiro, independente do período de tempo em que isso ocorre, eles se dividem em: ativos circulantes e não circulantes. Já os passivos, são caracterizados como obrigações, tudo aquilo que precisa ser pago a terceiros

Qual a utilidade do patrimônio líquido?

O patrimônio líquido serve para uma análise coerente a respeito da riqueza que uma empresa possui. É comum que as pessoas considerem imóveis que não foram quitados como bens, mas isso só pode ocorrer quando o mesmo estiver quitado.

Dessa maneira, o patrimônio líquido vai permitir que você perceba se está enriquecendo com o passar dos anos ou se está perdendo dinheiro. Ou seja, se seu negócio está sendo rentável sozinho ou se os prejuízos estão sendo maiores.

Como é calculado o patrimônio líquido?

É usada a seguinte fórmula para cálculo do patrimônio líquido: Patrimônio líquido = ativos – passivos. Em termos gerais, seu balanço patrimonial estará dividido em duas colunas: ativos (tudo que pode gerar dinheiro) e passivos (todas as dívidas e saídas). 

É considerado relativamente fácil o cálculo do patrimônio líquido, mas para fazê-lo é necessário que seus ativos e passivos estejam bem definidos e descritos. Caso contrário, o resultado do seu patrimônio líquido pode ficar errado. 

Quais as contas do patrimônio líquido?

Algumas contas, em especial, estão incluídas no patrimônio líquido, são elas:

  • Capital social: referente  ao investimento feito pelos sócios para a abertura do negócio;
  • Reservas de lucros e de capital: uma parte dos lucros pode ser destinada às reservas, que sofrem variação na porcentagem, dependendo do propósito das mesmas;
  • Ajustes de avaliação patrimonial: com o passar do tempo, é necessário fazer a avaliação de quanto os bens de uma empresa vale, de acordo com o valor que seria justo;
  • Patrimônio líquido negativo: ocorre quando os passivos de uma empresa são maiores do que os ativos;
  • Ações em tesouraria: quando uma empresa opta por realizar a compra das suas próprias ações, normalmente quando considera que o valor de mercado está baixo. Ao fazer isso, o patrimônio será diminuído. 

Conhecer essas subdivisões do patrimônio líquido permitirá que você entenda melhor seu balanço patrimonial.

Vale ressaltar que, além de conhecer as diretrizes básicas do patrimônio líquido, é crucial entender o que são os ativos e passivos presentes em seu balanço patrimonial, além das subdivisões dos mesmos.

Agora que você conhece o que é o patrimônio líquido, aprendeu a calcular e descobrir que o mesmo é um fator determinante para sua empresa no momento de descobrir seus ganhos ou perdas, não deixe de avaliar todos esses elementos em seu negócio!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.