O financiamento estudantil é uma das possibilidades existentes para auxiliar você a ingressar no ensino superior. Se você está estudando essa opção mas ainda não sabe qual método utilizar, vale a pena conferir as informações do texto  a seguir:

Optar pelo financiamento estudantil é uma ótima opção para quem precisa se qualificar e começar  a sua carreira mas não possui a renda necessária. Muitos estudantes já utilizaram este método de ingresso no ensino superior e conseguiram seu certificado de graduação.

Existem algumas opções disponíveis no mercado, que serão apresentadas a seguir a fim de exemplificar o funcionamento e as vantagens para que você possa decidir qual a melhor opção para você.

Fies

Vamos começar falando do Fies, um dos maiores programas de financiamento estudantil do país. o Fies é oferecido através de uma parceria entre o Governo e instituições do ensino superior que são parceiras da causa e recebem incentivo de diversas formas.

Os estudantes podem concorrer as vagas do Fies, participando do Exame Nacional do Ensino Médio, o método padrão para entrar em uma graduação. Além de participar do Enem, é necessário estar de acordo com os requisitos do FIES 2021:

  • Estar classificado como baixa ou média renda;
  • Tirar nota mínima de 450 pontos do Enem;
  • Não zerar a prova de redação do Enem.

Se estiver dentro dos requisitos do programa, o estudante pode participar das inscrições para o FIES 2021, concorrendo uma bolsa parcial ou integral e estudar em uma das instituições parceiras.

O Fies possui um dos juros mais vantajosos do mercado e proporciona ainda, um prazo generoso para que os estudantes bolsistas possam começar a pagar o financiamento.

Pravaler

Uma outra opção que apresentaremos para você é a do Pravaler, que diferente do Fies, parte de uma inciativa privada de financiamento estudantil.

O Pravaler funciona através de uma plataforma que oferece crédito estudantil para diversas graduações diferentes a fim de que os estudantes possam concluir a graduação de uma forma acessível.

Para se inscrever, é necessário que os estudantes visitem o site oficial do programa e preencham um cadastro online. Além de precisar oferecer dados pessoais, o estudante também deverá responder a questões relacionadas a sua renda familiar.

Depois, é necessário informar a sua localização e o curso para que o sistema possa buscar as opções possíveis de acordo com as suas informações.

O crédito é muito variável e pode ser superior a metade da mensalidade do curso, como também pode ser contratado por períodos.