Dólar cabo: o que é e como funciona?

0

O dólar cabo é uma refinada prática de lavar dinheiro que utiliza o processo de câmbio como saída para essa lavagem. Afinal, se há dinheiro sujo no Brasil, como irão rastreá-lo até o exterior após convertido em dólar? Em teoria é possível, entretanto esse é um grande empecilho para as autoridades que enfrentam dificuldades em conseguir realizar esse rastreio.

Seja como for, essa é uma prática ilegal e que gera anualmente uma tremenda dor de cabeça para as autoridades da Receita. Vamos entender mais sobre o que é o dólar cabo e como ele é realizado por golpistas e outros criminosos.

O que é Dólar cabo?

Conteúdo

O dólar cabo é uma expressão informal utilizada para designar um dinheiro sujo que saiu do Brasil e foi levado até o Estados Unidos ou outro país que utiliza o dólar. O real uma vez transformado em dólar é muito mais difícil de ser identificado e rastreado pelas autoridades.

O que é Dólar cabo?
Fonte/Reprodução: original.

Em muitos casos a sua conexão é completamente perdida com sua origem ilegal no Brasil e assim o dinheiro é “lavado”. Em alguns casos, onde não há lavagem de dinheiro mas ainda assim há a prática de dólar cabo, essa manobra financeira é realizada no intuito de evitar a taxação e os impostos que incidem quando há um câmbio dessa natureza.

O dólar cabo não utiliza corretoras ou instituições bancárias e financeiras para realizar suas ações, mas sim doleiros, agentes que negociam dólar no mercado negro.

Como funciona o dólar cabo?

O dólar cabo existe e funciona para que uma pessoa consiga transformar o real em dólar sem sofrer os impostos, tributações e taxas que o governo geralmente impõem para transações dessa natureza.

No caso, o beneficiário do dólar cabo passa o seu dinheiro em real para o doleiro, e o doleiro por meio de suas ligações com o mercado negro transforma o real em dólar, e repassa para o beneficiário novamente. Esse dólar não passa pelo crivo das autoridades de nenhum dos dois países, logo, sobre ele não se impõe taxas ou tributos.

Tanto o dólar do doleiro quanto o real que saiu do Brasil são bastante suspeitos, especialmente o dólar utilizado na transação. Não se sabe exatamente qual a origem deste dinheiro, e a situação se transforma em uma bola de neve de ilegalidades.

O que é o crime de evasão de divisas?

O dólar cabo se enquadra como crime financeiro, mais especificamente como evasão de divisas. A palavra divisas no meio jurídico e financeiro significa também cheques, pagamentos e letras. Ou seja, é quase um ativo financeiro.

Quando aplicamos o conceito ao dólar cabo nós temos exatamente uma evasão de divisas, um modo que indivíduos encontraram de se safar e não pagar as taxas de câmbio, tributos, impostos e outras necessidades legais.

A lei brasileira prevê seis anos de reclusão para quem for julgado culpado por crime de evasão de divisas mais multa.

Quais os tipos de evasão?

A evasão de divisas é um crime bastante amplo, que pode ser realizado de 3 maneiras distintas. Elas são:

  • Compra de dólar cabo, como já vimos;
  • Uso indevido de fundos de investimentos;
  • Ações em bolsas através de corretoras na internet.

Infelizmente não é raro que pessoas desavisadas e sem nenhum tipo de ligação com o mundo ilegal sejam pegas com dólar cabo. Isso porque são encantadas por promessas vazias de moeda barata.

Sendo assim, todo cuidado é pouco! Nunca aceite transações em dólar suspeitas e sempre procure a regulamentação de uma instituição bancária respeitável.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.