Todos os anos há um reajuste no valor do salário-mínimo e dos benefícios que são concedidos pelo governo. Anualmente esses valores são ajustados de acordo com a média da inflação, mas nem sempre esses ajustes são suficientes diante da situação econômica, como no caso do ano que vem devido a toda crise provocada pelo corona vírus. Projetos sociais também passam por pequenas alterações e o novo valor do Bolsa Família 2021 já começa a ser divulgado para a população.

Salário-mínimo

O salário-mínimo no Brasil teve sua origem durante a década de trinta onde houve a regulamentação e a implementação de um valor fixo de pagamento para os trabalhadores. Devido ao extenso território brasileiro esse valor tinha alterações dependendo da região e estado, possuindo assim um total de 14 valores distintos de salário.

Com o passar dos anos o valor começou a passar por reajustes que ajudavam a recompor o poder de compra das pessoas e passaram a diminuir a diferença salarial entre os estados. Antes do decreto assinado pelo presidente da época, Getúlio Vargas, o valor do salário-mínimo ficou fixo durante oito anos e só após a lei foi decidido que os reajustes iriam acontecer de maneira mais frequente garantindo a manutenção e elevação do poder de compra desses trabalhadores.

Mudanças do salário-mínimo para 2021

O aumento no valor do salário-mínimo é feito para recompor toda a inflação do ano anterior. A partir de uma projeção medida pelo Índice Nacional de Preços ao Mercado (INPC) é estudado um novo valor que seja adequado garantindo a todos o poder de compra. Já que a constituição obriga o governo a repor todo o poder de compra tirado pela inflação essa correção acontece todos os anos com valores bastante variados.

Para o próximo ano esperasse um valor de quase R$1.088, mas para que esse valor seja validado é necessário a publicação da lei orçamentaria de 2021. A quantia atualizada será ofertada a partir do mês de janeiro, porem ainda esperasse uma contestação dos representantes civis e demais setores devidos a toda situação de crise que o Brasil todo está passando.

Mudanças nos benefícios sociais

Assim como o salário-mínimo sofre alterações todos os anos devido a inflação o valor dos benefícios sociais também são ajustados devido a ela. Pessoas que vivem em situação de pobreza e são beneficiadas pelos programas conseguem graças a eles a possibilidade de continuarem tendo um auxílio para se manterem.

Para o ano de 2021 o atual presidente Jair Bolsonaro não divulgou nenhuma alteração no valor do Bolsa Família. Desde a criação do programa ele já passou por diversas alterações, mas para o próximo ano nada foi divulgado ainda, levando a entender que não haverá aumento no reajuste do programa.

Para mais informações sobre a atualização dos valores pagos para o ano de 2021 é necessário que todos fiquem atentos a divulgação feita pelo governo federal e de olho na publicação da lei orçamentaria com o novo valor do salário para o próximo ano, para assim planejarem todo o ano que esta por vir.