Lucros acumulados: o que são?

0

Um dos conceitos mais importantes para uma empresa são seus lucros acumulados. O lucro, por si só, já é não só algo estimado e buscado por uma empresa, mas também o seu objetivo e razão de sua existência. Uma empresa só existe porque alguém, algum dia, imaginou ganhar lucro abrindo determinado negócio, se especializando em produzir um bem ou serviço que fosse da necessidade da sociedade e ser pago por isso. 

Sendo assim, o lucro é um dos itens mais nucleares para uma empresa, presente não apenas como o resultado de toda uma cadeia produtiva mas também vinculado ao seu núcleo, à sua base e ao seu motor. O lucro acumulado também faz parte de toda essa dinâmica, além de ser um relatório financeiro importantíssimo para uma empresa. Venha conhecer o que é! 

O que são lucros acumulados?

Conteúdo

Lucros de uma empresa são exatamente aquilo que ela ganha depois de vender seus produtos, mas dentro deste cálculo já está descontado os gastos que a empresa teve também para desenvolver sua produção. 

Quando um produto é vendido por 10 reais, na verdade a empresa não está ganhando 10 reais. Isso porque aquele produto teve um custo para ser feito, ele gastou recursos financeiros e capital da empresa para ser produzido. 

O que são lucros acumulados?
Fonte/Reprodução: original.

E muito se engana quem imagina que esses recursos financeiros são relativos a sua composição material, por exemplo custos com matéria prima, embalagens, mão de obra, ou coisas parecidas. Na verdade o custo e despesas por trás da produção de qualquer bem ou serviço são muito maiores e devem ser descontadas do resultado final, e por fim aquilo que sobra é o lucro da empresa.

Acontece que a maneira como nossa sociedade hoje funciona também faz com que existam outros tipos de recursos que devem ser descontados junto com as despesas e custos de produção. Um desses descontos são os dividendos dos acionistas. 

Quando uma empresa tem seus títulos vendidos na bolsa de valores ela geralmente divide seu lucro com seus acionistas, logo ela deve pagar esse valor, valor este que é tirado do lucro, e o que sobra são os lucros acumulados. 

No fundo, são os lucros acumulados o único lucro que o gestor da empresa tem realmente para si mesmo, são eles que estarão a sua disposição, já que o valor anterior deve ser antes dividido entre todos os acionistas. 

O que fazer com os lucros acumulados?

Os lucros acumulados são agora propriedade do gestor da empresa, e ele pode utilizar esses lucros para tirar sua parte do negócio, e então administrar o resto dos recursos para compor novos cenários para empresa, investir em melhorias em sua produção, realizar aplicações, investimentos, e uma série de outros projetos que bem desejar. 

Onde fica os lucros acumulados no balanço patrimonial?

Por incrível que pareça, os lucros acumulados não constam como patrimônio líquido em sociedades anônimas, então é importante prestar bastante atenção e ser orientado por um bom contador na hora de realizar o balanço da sua empresa. 

Qual a natureza da conta lucros acumulados?

Os lucros acumulados são líquidos, ou seja, não são bens nem mesmo patrimônios em nome da empresa ou do seu proprietário. Logo, esses lucros são realmente vantajosos do ponto de vista financeiro, prontos para sua liquidez. Claro, tudo depende da forma como o proprietário deseja gasta-los. 

Entender como os lucros acumulados funcionam é algo essencial para qualquer gestor, especialmente para aqueles que já atuam com empresas vendendo títulos na bolsa ou que sonham com a possibilidade. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.