O que é a Carga Tributária de um produto?

0

Geralmente, a carga tributária do Brasil é apontada como uma das maiores e mais complexas do mundo. Mas você já procurou entender de modo mais profundo o que é a carga tributária e como ela se comporta? É isso que veremos hoje neste artigo!

Vamos tentar compreender o que é a carga tributária, como ela se caracteriza, quais os fatores que implicam a carga tributária de um produto e como ela se divide. Confira a seguir! 

O que é carga tributária bruta e líquida?

Conteúdo

A carga tributária é um outro nome para o que podemos chamar de impostos. Os impostos, as taxas que o governo coloca sobre o consumo da população e outros serviços são essenciais para que o Estado continue a oferecer os seus serviços mais essenciais, sejam os serviços para toda a população de maneira geral ou seja os serviços destinados à distribuição de renda e projetos sociais. 

Tudo isso acaba dependendo da carga tributária para acontecer. Entre os serviços mais essenciais estão a segurança, a educação e a saúde, especialmente no caso do Brasil onde esses serviços são entregues para toda a sociedade e população. 

O que é carga tributária bruta e líquida?
Carga tributária. Fonte/Reprodução: original.

O Estado como organização imensa, cheio de seus setores, repartições, pastas e ministérios diferentes também depende dessa carga tributária para funcionar de modo pleno. Por isso mesmo que a carga tributária existe, e embora hoje seja recolhida de modo muito mais refinado, prático e até tecnológico, esse recurso é uma categoria histórica que se repete em diversas sociedades ao longo do tempo.

Hoje a carga tributária pode ser dividida em duas categorias diferentes: a bruta e a líquida. Vamos entender de forma mais aprofundada o que cada uma delas quer dizer. 

Bruta

A carga tributária bruta é aquela recolhida através todos os meios disponíveis que o Estado utiliza para arrecadar fundos, seja nos bens de serviço, de produtos, nas taxações de empresas e empresários, impostos e taxas municipais, estaduais e federais. Tudo isso é o que acaba se somando na carga tributária bruta. 

Líquida

Já a carga tributária chamada líquida é aquela bruta porém subtraída dos recursos aplicados pelo Estado em benefício da população. É o retorno, por assim dizer, da carga tributária que foi utilizada em serviços oferecidos pelo Estado. 

Como é aplicada a carga tributária?

A carga tributária é aplicada em inúmeros serviços do Estado. Em primeiro lugar, para a manutenção do próprio Estado e pagar os funcionários públicos. Depois na forma de serviços ou até mesmo benefícios para a população em geral como: segurança, educação, programas sociais, saúde, obras públicas, infraestrutura, entre outros serviços que o Estado costuma oferecer em suas 3 instâncias: municipal, estadual e federal.

Como saber minha carga tributária?

A carga tributária brasileira interage com o cidadão em inúmeras ocasiões, e conhecê-la pode acabar se provando um verdadeiro desafio. Para os produtos que consumimos, geralmente podemos apenas calcular o ICMS, o imposto estadual para mercadorias. 

Mas claro, há impostos pagos pelo próprio empresário que já implicam no valor total daquele produto, sendo assim, indiretamente, a linha da carga tributária é muito ampla. 

Há também outros impostos que podem impactar a vida de um indivíduo, especialmente quando ele mesmo é um empresário dono de negócios. Sendo assim, é preciso ter um conhecimento amplo sobre as leis tributárias para conseguir calcular a carga tributária de cada um deles. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.