O que é o crescimento cupom não fiscal e como ele funciona?

0

Já ouviu falar em crescimento cupom não fiscal? Esse tipo de documento tem se tornado cada vez mais popular. Dessa forma, é importante ficar atento às suas especificações. 

Com o avanço da tecnologia as notas fiscais físicas estão caindo em desuso, e abrindo margem para NF-e (nota fiscal eletrônica), assim geram um crescimento cupom não fiscal. Já que, esse documento tem a função de apenas discriminar o item comprado.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o crescimento cupom não fiscal? Então fique neste artigo até o final e saiba o que é, como funciona e vantagens. Continue lendo e confira logo a seguir! 

O que é crescimento cupom não fiscal?

Conteúdo

Antes de entender o crescimento cupom não fiscal, é necessário saber o que é essa ferramenta que muitos comércios estão adotando. Em resumo, o cupom não fiscal é lembra a nota fiscal, mas seu objetivo é discriminar os itens de uma compra, seja para o cliente ou controle interno.

Com isso, o uso se torna cada vez mais recorrente. Ele se refere a uma maneira de estabelecimentos comerciais terem controle sobre as vendas e serviços prestados no fim do mês. 

O que é crescimento cupom não fiscal?
Fonte/Reprodução: original.

Devido a sua praticidade o uso desse tipo de documento tem se tornado muito popular. Atualmente, em uma compra você pode receber três tipos de documento que comprovem a compra do objeto: a nota fiscal eletrônica, cupom fiscal e o cupom não fiscal. 

Mas, ao contrário da nota fiscal, o cupom não fiscal serve para que o estabelecimento tenha um controle de vendas, não pode ser usado, por exemplo, como validade perante o fisco. 

Quais são as vantagens de se utilizar crescimento cupom não fiscal?

O crescimento cupom não fiscal traz consigo algumas vantagens e benefícios bem interessantes. Assim, tanto o emissor como o consumidor podem se beneficiar. 

As vantagens do crescimento cupom não fiscal é que o emissor consegue um dinamismo maior para registar todas as compras dos clientes, assim ele consegue melhorar o seu controle do fluxo em locais com um grande movimento.

O crescimento cupom não fiscal possibilita que a empresa trabalhe com a nota fiscal eletrônica, assim ele oferece para o cliente no local. Dessa forma economiza em equipamentos como mencionado anteriormente.

Como funciona o crescimento cupom não fiscal?

O crescimento cupom não fiscal se dá pela praticidade, pois os estabelecimentos podem optar pela emissão dele, parecido com outras formas de comprovação de compra, mas não possui valor fiscal, serve apenas para discriminar a compra de algum objeto. Assim facilita o controle de fluxo de pessoas e mercadorias na empresa.

Entretanto, o crescimento cupom não fiscal, não isenta a empresa de emitir nota fiscal, o cupom não fiscal serve apenas como um paliativo para aliviar a burocracia na venda para o consumidor final. Portanto, é sempre importante ficar atento para não perder algumas das exigências do mercado. Neste caso, ofereça as duas oportunidades para os consumidores.

Quais são os riscos de se utilizar crescimento cupom não fiscal?

Como mencionado acima, o crescimento cupom não fiscal, não onera a empresa de emitir nota fiscal. O que pode acontecer em alguns empreendimentos e não terem o cuidado de prestarem contas para o governo assim, cometendo o crime de sonegação de impostos.

O crescimento cupom não fiscal veio para facilitar a vida burocrática da empresa de forma que ela consiga possibilitar para o cliente um comprovante de compra, e mesmo assim prestar as contas para o governo com as notas fiscais eletrônicas.

Agora você já sabe tudo sobre o crescimento cupom não fiscal, como ele funciona e suas principais vantagens. Não deixe de ficar atento às normas do mercado e sua utilização. E se ainda não aderiu, pense em como colocar na rotina da sua empresa, mas claro sem abrir mão da nota fiscal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.