Como é de costume, o início do ano é marcado por um dos assuntos mais falados, o imposto de renda (IR), os brasileiros costumam correr atrás de recibos e outros documentos, para assim, realizarem a sua declaração do IR. Para que você não se confunda, é importante que fique atento as tabelas do imposto de renda 2021. Entenda o que é o imposto de renda retido na fonte e tire suas dúvidas sobre o assunto.
O imposto de renda retido na fonte também é conhecido como IRRF e nada mais é do que uma das medidas da Receita
Federal para garantir um maior recolhimento de impostos. Ele consiste em um desconto mensal, que é aplicado pela Receita Federal nos salários dos trabalhadores. Para que os descontos aconteçam, o trabalhador deve ultrapassar o teto estabelecido pela Receita. No início do ano o contribuinte deverá declarar quanto foi descontado da fonte e se há diferença para o valor real. Caso o IRRF seja maior do que o IR, o contribuinte terá direito a restituição do IR no caso dos valores pagos acima.

Como calcular o IRRF?

Para que o cálculo seja feito a Receita disponibiliza uma tabela com as alíquotas de cada faixa salarial e seus descontos progressivos. As alíquotas são os percentuais que serão descontados do empregado, sempre respeitando sua faixa salarial. dessa forma, quanto maior o salário maior a porcentagem de imposto de renda. Confira os exemplos abaixo.
  • Salários até  R$1.903,98 o contribuinte está isento;
  • De R$1.903,99 até R$2.826,65 a alíquota é de 7,5% equivalendo a quantia de R$142,80;
  • De R$2.826,66 até R$3.751,05 a alíquota e de 15%  equivalendo a quantia de R$345,80;
  • De R$3.751,06 até R$4.664,68 a alíquota é de 22,5% equivalendo a quantia de R$636,13;
  • Acima de R$4.664,68 a alíquota é de 27,5%  equivalendo assim ao valor de R$869,36 seduzidos direto da fonte.
É importante levar em consideração a dedução do INSS, para que chegue a um valor de referência salarial. Existem ainda outros valores como os dos dependentes, que caso eles existam afetam os cálculos de base,  para cada dependente é subtraído o valor  de R$189,59.
Vamos ao exemplo:
  • Salário base de R$3.000 após a dedução do INSS.
  • dependentes = 0
De acordo com a tabela acima o percentual para este salário é o de 15% de IR, ou seja, R$345,80. Ao multiplicar o salário pela alíquota temos o valor de R$450,00. Subtraia os valores e terá a quantia descontada na fonte que é R$104,20.
Em casos com dependentes subtraia o valor de R$189,59 por dependente, após isso você terá o valor base para calculo. Lembre de sempre verificar a tabela progressiva mensal disponibilizada pela Receita Federal e realize os cálculos com atenção.